quarta-feira, junho 18, 2008

A vida continua

Há poucos dias atrás, uma pessoa me mostrou que lamuriar não ajuda em nada. Não que outras pessoas jão não tenham me dito algo do tipo antes. Mas essa em especial mexeu cmgo (e como mexeu...) e de uma forma pouco tradicional me fez observar que realmente, não vale a pena ficar se lamentando pelos cantos e não correr em busca do sonhos.

Bela já postou uma vez sobre isso, mas nunca parei pra pensar da forma que me foi exposta por este alguém em particular.
Comecei a analisar como são as coisas da vida. Passei em meses o que não passei em anos. Mas de qualquer forma não acredito que tenha sido mais difícil do que tudo que passei em minha infância - préadolescente.

O visto foi negado? Ok, esperamos 6 meses e tentamos novamente.
Perdi meu emprego? Muitas oportunidades aparecerão
To sem dinheiro? Fazemos uns bicos por aí
A faculdade tá díficl? Eu tenho 2 anos a mais pra conseguir termina-la

Entendi que era algo do tipo: "Vamos lá garotinha ruiva, é mais fácil do que vc imagina"
A vida pode estar ruim hoje, o que não significa que não possa melhorar amanhã.
Ainda bem que é assim, as coisas são cíclicas e não-lineares e é por isso que vale a pena.

6 comentários:

Ruby Tuesday disse...

Dizem que tudo vale a pena, que nada acontece por acaso... frases feitas à parte, deve ser por isso mesmo que a vida vale a pena, e talvez a gente dificulte demais. Que dá medo dá. Mas vamos continuar tentando, de novo, de novo, de novo... né? ;)

Valentina Lestat disse...

como diz a Dory (do Procurando Nemo), "continue a remar, continue a remar..." =)

Ruby Tuesday disse...

Uai, não era continue a nadar?

Alimac disse...

Uai, não era continue a nadar? [2]

Pessimismo a parte, ruim sempre estará... O negócio é fazer o ruim ser bom! Sempre!!!

L* disse...

Uai, não era continue a nadar? [3]

hahahahahahahaha

é como diz aquele sábio ditado caipira:
tá ruim mas tá bão

Valentina Lestat disse...

nadar, remar.. tudo igual, tudo na água. hahahahaha!