quinta-feira, outubro 22, 2009

Hoje, falei de vc pra umas amigas novas. Contei como nos conhecemos e o que você representou pra mim naquele momento tão difícil. Contei também como nos encontramos, o presente que eu te levei e tudo o que veio depois: sanduíches de frango na madrugada, viagens à sua casa com o carro quebrando e sem crédito no celular, brigas ridídulas por SMS e outras coisas mais.
Você me levou pra fazer minha primeira tatuagem, lembra? E ainda me fotografou fazendo umas caretas ridículas, só pq eu nao queria admitir que tava doendo. E rimos juntas depois da história do tatuador formado pela UniCarandiru...
Comemoramos um aniversário meu juntas, lembra? E te botei pra dormir no dia em que você encheu a cara e perdemos o show da Reles.
Aquele bate e volta pra praia foi sensacional, fazia tempo que não tínhamos um dia inteiro pra dar risada e achar que a vida é linda, e sabe do que mais? É nessas horas que a gente dá valor pros amigos que tem: quando paramos pra lembrar das histórias divertidas e dos momentos memoráveis, e é por isso que eu te amo.

2 comentários:

Ruby Tuesday disse...

Ai, putamerda, viu.
Tô chorando.
Que lindo, minha amora... Esse post foi uma celebração do que somos, às vezes é bom lembrar como temos sorte, como temos momentos especiais no meio da loucura da vida.

Eu amo você.
E vc minhama, mesmo me conhecendo bem. :)

Valentina Lestat disse...

Eu te conheço tanto que sei até como é sua voz de "acordei depois de dar". haahahahh!
tinhamo.